Anúncios
Skip to content

Este Blog entrou de Férias

Tempo para recarregar as energias.

Vou entrar de férias e quando voltar teremos novidades. Sempre que puder colocarei fotos e ideias no meu Face! Mas aqui, darei um tempo…

uma-pausa-para-recarregar-as-energias-2

Beijos

Anúncios

Férias!

Este blog entra de férias hoje. Recomeçarei as postagens em fevereiro.

É preciso descansar e acho que a minha necessidade é grande. Estou cansada ! Acho que voltarei com mais ideias e mais inspirada. Enquanto estou de férias, deixe aqui algumas sugestões do que postar no Dicas:

O que falta?

O que você gostaria de saber?

Quais são as suas dúvidas?

Mas lembre-se, não farei trabalhos e nem responderei questionários aqui.

Beijos

wdw_mickey_luggage

“Esses loucos Professores?”

Encontrei esse texto por acaso no Facebook e amei! Achei a minha cara e a cara de muitos outros Professores que conheço bem. Professores que ensinam, que não esperam as condições ideais para fazer as coisas, fazem e se orgulham do que fazem.

Para meus amigos, Professores Loucos, que estão espalhados por esse mundo:

Esses loucos professores?

“Esses são os loucos que ensinam.” Eu os conheço. Eu os vi muitas vezes. São raros. Alguns saem de madrugada para estar na escola uma hora mais cedo, outros deixam a escola uma hora mais tarde, porque eles têm milhares de coisas para resolver, inspecionar, limpar, decorar e enfeitar a sua sala de aula, porque esperou por alguém vir buscar um de seus alunos. Outros atravessam todos os dias vários quilômetros rodados e como muitos de volta: eles são loucos! Quer uma prova sólida de sua loucura? Quantos professores podem estar mais preocupados com algumas crianças que não são filhos de seu sangue do que seus próprios pais! Só para não falar que muitos professores, às vezes, deixam em segundo plano seus filhos para compromissos de trabalho.

No verão, não deu férias, apenas uma pausa da escola, mas não inteiramente desconectada. Eles pensam em suas aulas, preparam trabalhos, exercícios e fazem cursos de reciclagem.

No inverno, falam muito, sempre levam mel e doce de limão em seus bolsos. Outros vão com uma garrafa de água ao seu lado ou com suas pílulas “Vick “ e até mesmo o bom e velho gengibre. Sua garganta é sempre dolorida, mas ainda ensinando. Às vezes, forçando sua voz, mas continuam a transmitir os seus conhecimentos com carinho e entusiasmo. Eu os vi, eles não estão bem da cabeça. Eles vão caminhar com seus alunos e são responsáveis pela gestão das autorizações, coletando dinheiro e responsabilidade extra.

À noite, eles sonham com a faculdade, eles são planetas, ecossistemas e figuras históricas. Isto é, se você não ficar acordado até a madrugada se qualificando, fazendo listas ou materiais. Eles são maus, sacrificam seus sábados para a formação e não se importam em perder tempo de folga ou com sua família para se renovar.

Eles dizem que são autocríticos e que fazem um balanço de suas experiências educacionais, frustram-se quando as coisas não saem como o esperado, alegram-se quando seus alunos progridem . Apesar de muitos terem décadas de serviço, sempre encontram novas maneiras de fazer as coisas. Eles são surpreendidos quando compararam um ciclo escolar com outro, e anotam o que funcionou e o que não para o ano seguinte.

Eles são doentes da cabeça, eu já percebi. Eles não podem tirar uma licença médica ou de um de seus dias de dispensa, só porque ninguém pode ficar com seus alunos. Dizem apenas que eles são os professores e sentem muito orgulho de sê-los. Que se voltassem no passado e escolhessem uma carreira, esta seria, certamente e novamente, a de louco, ou seja, professores.

Eu conheço um muito especial e neste exato momento ele está lendo estas linhas…

RAFAEL TOLFO|PROFESSOR E ESCRITOR

Monocotiledôneas e Dicotiledôneas

Como fazer um ar condicionado portátil?

Essa é legal. Tente fazer!

Mas cuidado com o procedimento: peça a ajuda a um adulto na hora de cortar a garrafa PET!

 

Verão com Ciências

Esse verão está bem quente. Como dizem aqui no Rio de Janeiro: “Ligaram o maçarico!” Mas sempre temos o que fazer fora do ar condicionado de nosso quarto. Anote ai, algumas ideias do que fazer nas férias, aprendendo mais sobre Ciências e ( o melhor!) se divertindo.

1) O mais simples: Vá para a praia. Não esqueça de beber muita água, do protetor solar e dos horários.

Na praia observe a maré, os seres vivos e o movimento das ondas.

2) Também muito simples: No Rio de Janeiro ande pela floresta da Tijuca.

Mas cuidado com as trilhas. Procure as informações, nunca saia das trilhas e observe o horário. Anoitece bem rápido na mata e você não quer se perder.

Observe a natureza, o espetáculo que se põe na sua frente. Ouça os pássaros, tente fotografa-los e lembre-se de só deixar pegadas na floresta.

3) Vá ao Planetário:  Lá tem uma programação de férias bem legal.

No Planetário do Rio, no verão, o horário se estende até as 18 horas. Aproveite.

4) Passe uma tarde no Jardim Botânico: É bem fresquinho, tem um local bem legal para um piquenique e você pode passear por lá.

Observe as plantas e os bichos. Tire fotos e respire o ar fresco.

5) Dê uma volta em um final de semana pela estrada das Paineiras: bem legal, super fresquinho e dá para andar de bicicleta.

Por fim, tire fotos e envie para cá . Vamos fazer uma galeria de fotos do Verão Científico?

Férias com Ciências

Estamos chegando na tão esperada ( e merecida, né?) férias de meio de ano. Hora de descansar, pensar em outras coisas e … visitar museus de Ciências. Por que não ?

#FICAADICA.

É uma maneira super legal de se divertir e aprender. Vou dar algumas sugestões aqui no Rio de Janeiro.

  • Casa da Ciências -Rua Lauro Müller, 3 – Botafogo • Rio de Janeiro – RJ • CEP 22290-160 – Lugar para mexer, fazer e se divertir. ( Link- http://www.casadaciencia.ufrj.br/ )
  • Museu da Vida – Av. Brasil, 4365 – Manguinhos, Rio de Janeiro CEP: 21.045-900 ( FIOCRUZ)- Lugar para se encantar e também mexer e remexer! ( Link- http://www.museudavida.fiocruz.br/)
  • Espaço Ciência Viva – Av. Heitor Beltrão, no 321 – Esquina de Rua Pareto
    Praça Saens Pena – Tijuca – Rio de Janeiro – RJ
    CEP: 20550-000 – Só para se ter ideia o convite deles é : Por favor, mexa! Preciso falar mais? – ( Link- http://www.cienciaviva.org.br/)
  • Planetário – Rua Vice Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea | Telefone 21-2274-0046 – Adoro esse lugar! É um parque de diversões para quem gosta de astronomia. Vale a pena ! – ( Link: http://www.planetariodorio.com.br/)
  • Jardim Botânico- Rua Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico, Rio de Janeiro – Este lugar é a minha 2a Casa. Vai lá, passeie, sinta os cheiros, observe… Só por favor, nunca alimente os animais! – ( Link:http://www.jbrj.gov.br/)
  • Museu nacional-  Quinta da Boa Vista, São Cristóvão
    CEP: 20940-040 – Museu da minha infância. Neste lugar me encantei e me encanto até hoje. – ( Link:http://www.museunacional.ufrj.br/)
  • E por fim: vá à praia, parques, bosques… com o olhar da Ciência. É de graça e vale a pena.

E você, tem outras ideias para umas férias com Ciências? Coloque aqui. Não aceitarei propagandas.

Férias 2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

Férias maravilhosas, aproveitei. Algumas fotos para vocês verem.

Beijos

Saindo de Férias

Todo mundo tem que dar um tempo. Eu tenho que parar.

Este Blog está de Férias até o início de Fevereiro. Vou viajar e descansar!

Quando voltar, conto as novidades!

Simuladores são feitos para te enganar!

E como te enganam!

Voltei de férias em Orlando. E passei por todos os parques, andei em todas as atrações, me diverti muito…

Talvez, o que mais me impressione são os simuladores. Entrar, em um carrinho que pouco movimento faz ( ou até que ande mas nada como uma montanha russa) e se sentir voando, caindo ou subindo… é realmente maravilhoso.

Dois me chamaram atenção em Orlando : o do Harry Potter ( Island) e o Sorin ( Epcot). O primeiro simula um voo seguindo o personagem na vassoura e o segundo , faz um voo de asa delta para a Califórnia.

A sensação é maravilhosa. Seu cérebro acha mesmo que você está voando e por mais que seu consciente avise que aquilo é uma simulação, você se segura para não cair ou dobra os joelhos para não bater nas árvores que estão sendo projetadas. O simulador ainda joga sujo com o pobre do seu cérebro injetando cheiros, espirrando água e sobrando vento na sua cara.

Ai, nesta imersão de sensações, o negócio é se entregar e deixar o seu cérebro ser enganado. Nada pode ser mais seguro do que sentar em uma cadeira e voar junto com Harry Potter para combater seres de outro mundo ou fazer um passeio pela Califórnia em uma asa delta virtual. É uma boa maneira de se enganar!

Férias

É preciso recarregar as baterias. Então, como todo ano , vou sair de férias.

Retorno no fim de Janeiro, com novidades e com Posts novos!

Por enquanto, aguardem e esperem. Como digo aos meus alunos: “Quem viver, verá!”

Beijos e até breve!

%d blogueiros gostam disto: