Anúncios
Skip to content

Um pouco de Neandertal em nós

Pesquisa revela que mais de 20% do DNA do hominídeo extinto sobrevive nos homens

0,,21511669,00

As novas pesquisas mostram que cerca de 1% a 3% de nosso genoma tem um pouco do DNA do Homo neanderthalensis,o homem de Neandertal, que viveu e conviveu com a gente mais ou menos a 29.000 anos atrás. Estes nossos “primos”eram bem adaptados ao frio e não sobreviveram as mudanças dos últimos anos. 

As provas que conviveram e se relacionaram com a gente são bem fortes. Nossos antepassados trocaram tecnologia e até genes com eles. Os Neandertais eram capazes de produzir ferramentas de pedra bem características, chamadas de cultura musteriense. Viviam em núcleos familiares pequenos.

Mas o que sabemos deste grupo de hominídeos?

  1. Houve cruzamento entre os neandertais e o homem moderno?  Sim. De acordo com João Zilhão, arqueólogo português e pesquisador da Universidade de Barcelona, isso está provado pela anatomia de fósseis dos primeiros europeus da época posterior ao primeiro contato com o homem moderno. Esses fósseis apresentam alguns traços característicos dos neandertais. Além disso, mais recentemente, o cruzamento também foi comprovado com a comparação do genoma de um neandertal com o de indivíduos atuais de vários continentes. Essa comparação evidencia que a contribuição neandertal para o genoma humano persistiu até o presente e em porcentagem significativa.

  2. Os neandertais foram dizimados pelo homem moderno? Não se sabe ao certo por que os neandertais desapareceram da Terra há 30.000 anos. Algumas hipóteses, não excludentes, são epidemias, catástrofes naturais ou o extermínio por outras populações. O que se sabe é que os neandertais foram assimilados pelos homens modernos, por meio de cruzamentos, e sucedidos pelas populações originárias de África que ocuparam gradativamente a Europa e Ásia a partir de 50.000 anos atrás.

  3. Só o homem moderno desenvolveu pensamento abstrato? Não. Os neandertais também exercitavam o pensamento abstrato e faziam uso de símbolos. Eles enterravam os mortos, usavam objetos de adorno pessoal, pintavam os corpos com tintas minerais, usavam utensílios de osso e marfim com marcas decorativas abstratas e desenvolveram uma sofisticada tecnologia do fogo. Essa técnica incluía a fabricação da mais antiga matéria-prima artificial da humanidade – uma resina utilizada para fazer tinta – através de processos que só encontram equivalente nos fornos de cerâmica do Período Neolítico, muitos milhares de anos depois.

  4. Quais traços o homem moderno compartilha com os neandertais?  O homem moderno de 50.000 anos atrás tinha uma organização social, uma economia e uma cultura em tudo semelhantes com os neandertais. O homem moderno atual é, evidentemente, muito diferente: privilegia a acumulação de conhecimentos e desenvolvimentos tecnológicos e científicos.

  5. Qual era a aparência dos neandertais? Eram “gente como a gente”, salvo pequenas diferenças (o formato do queixo e a robustez das têmporas) dentro da margem de variação da humanidade atual. Provavelmente, seus cabelos também exibiam as mesmas variações de tonalidades que os do homem moderno. Os cientistas já fizeram experiências como atores maquiados como neandertais. A trupe passeou pelas ruas de grandes cidades e ninguém notou diferença.

    homem-neandertal-lista-10-20110929-size-620

Anúncios

Venha construir uma Molécula de DNA

Para o Ensino Médio

Clique aqui – Build a DNA Molecule – e entre em um site para construir uma molécula de DNA.

Está em inglês, mas é muito fácil de usar. Lembre-se dos pares de nucleotídeos.

Sugestão da minha Parceira Thaiza!

Isso que é parceria! A Professora Thaiza do Blog QUIMILOKOS, me sugeriu esse Vídeo sobre o DNA do Tigre da Tasmânia. Eu vi e achei que tem tudo a ver com o post sobre DNA.

É só clicar e ver!

Valeu Thaiza!

Ressurge DNA de tigre extinto
Ressurge DNA de tigre extinto

Um pouco sobre DNA

A molécula da vida é conhecida pelo sua sigla em Inglês : DNA. Para a gente que fala o Português seria ADN. Essa molécula é o Ácido Desoxirribonucleico, que contém todas as informações para a formação e o desenvolvimento dos seres vivos.

Qualquer ser vivo tem DNA, que é uma molécula formada por duas hélices enroladas como uma escada em caracol. Essa grande molécula tem quatro bases que são como um alfabeto a ser lido e que formarão 20 aminoácidos. Estes aminoácidos irão formar as diversas proteínas que constrói o corpo dos seres vivos. Essas bases têm nomes estranhos, são a Guanina, Citosina, Adenina e Uracila. Elas formam pares de cada lado da hélice, assim a Guanina só faz par com a Citosina e a Adenina, com o Uracila.

Quando essa hélice de DNA se abre como um zíper, uma outra molécula – o RNA- passa por ela “lendo a molécula” e forma os aminoácidos, que por sua vez se juntam para formar as Proteínas. Onde tem as informações no DNA estão os gens ou genes, onde podemos saber qual a cor de nossos olhos, quantos dedos tem em cada mão, se o cabelo é liso ou não,…

Uma Mutação ocorre se na “leitura ” deste DNA houver um “erro”. Ou se na duplicação desta molécula ocorrer um “erro”. Então, essa espécie vai ter uma pequena ou grande variação em comparação as outras. Um bom exemplo, na espécie humana, é o Daltonismo ( a pessoa que tem dificuldades em diferenciar cores). Neste caso houve um “erro” no Cromossomo X, do alelo XY ou XX, que dirá se somos do sexo masculino (XY) ou feminino (XX).

Para saber mais clique aqui: DNA vai a escola

%d blogueiros gostam disto: