Anúncios
Skip to content

O que faz você feliz ?

Assista e me responda:

Anúncios

Projeto Final de 2010

Vamos a um novo Projeto, alunos do Colégio don Quixote ?

O Título provisório é Palavra de Honra.

Vamos trabalhar o valor da palavra, a dignidade das nossas ações, o aluno como o agente modificador da realidade e esperança.

Convido vocês para entrar nessa .

Primeiro, vamos ouvir a música e entender a letra:

Bola de Meia, Bola de Gude

Composição: Milton Nascimento

Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança
Ele vem pra me dar a mão

Há um passado no meu presente
Um sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assombra
O menino me dá a mão

E me fala de coisas bonitas
Que eu acredito
Que não deixarão de existir
Amizade, palavra, respeito
Caráter, bondade alegria e amor
Pois não posso
Não devo
Não quero
Viver como toda essa gente
Insiste em viver
E não posso aceitar sossegado
Qualquer sacanagem ser coisa normal

Bola de meia, bola de gude
O solidário não quer solidão
Toda vez que a tristeza me alcança
O menino me dá a mão
Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto fraqueja
Ele vem pra me dar a mão

 

Você tem esse menino que lhe dá a mão?

Que valores não abriremos mão?

 

Música para a Alma

Ande em Frente

Walk on – U2

Todos pela Educação – Para pais e responsáveis

Faz parte de ser Pai, Mãe, Responsável… Responder pela educação de seu filho ou sua filha. Não precisa entender tudo, não precisa saber da matéria, mas é preciso acompanhar: Ver como foi o dia . Tem lição de casa. Tem prova marcada. Vê o caderno… acompanhar.

Veja o filme e me diga. Vamos aderir a esse time ?

Uma Homenagem a Mercedes Sosa

Que morreu hoje,aos 74 anos. Uma voz que ainda ecoá sobre a America Latina. Estamos de luto!

Solo Le Pido A Dios

Mercedes Sosa


Sólo le pido a Dios
Que el dolor no me sea indiferente,
Que la reseca muerte no me encuentre
Vacío y solo sin haber hecho lo suficiente.

Sólo le pido a Dios
Que lo injusto no me sea indiferente,
Que no me abofeteen la otra mejilla
Después que una garra me arañó esta suerte.

Sólo le pido a Dios
Que la guerra no me sea indiferente,
Es un monstruo grande y pisa fuerte
Toda la pobre inocencia de la gente.

Sólo le pido a Dios
Que el engaño no me sea indiferente
Si un traidor puede más que unos cuantos,
Que esos cuantos no lo olviden fácilmente.

Sólo le pido a Dios
Que el futuro no me sea indiferente,
Desahuciado está el que tiene que marchar
A vivir una cultura diferente.

%d blogueiros gostam disto: