Anúncios
Skip to content

Sobre o Nome Científico

Vamos esclarecer alguns pontos sobre o nome científico?

Veja o vídeo abaixo:

Anúncios

Gigogas nas Praias da Barra da Tijuca

Gigogas chegam à Praia da Barra

Todos os anos é a mesma notícia, talvez mais contundente ou mais veemente, só que é uma verdade: essas plantas aquáticas se espalham pelas praias da Barra e Recreio no Rio de Janeiro.

A planta em si, não é o problema. O problema é que ela indica uma grave poluição no complexo lagunar de Jacarepaguá.

Complexo Lagunar de Jacarepaguá

O que são as Gigogas?

Gigoga, Aguapé, Iguapé, Mururé, Camalote, Rainha-dos-lagos, Jacinto-d’água, Baroneza, Murumuru, Pavoa, Pareci. Em cada canto que ela aparece recebe um nome diferente, mas todos eles denominam a mesma planta: a Eichhornia crassipes.

São plantas aquáticas filtradores, que absorvem os restos orgânicos que estão diluídos na água para fazer a fotossíntese. Ela também auxilia na alimentação e reprodução de diversas espécies aquáticas. Suas raízes são utilizadas como alimento, proteção para pequenos peixes e serve como locais de desova.

Quando há abundância destes restos orgânicos, elas se reproduzem muito.

Qual é o problema?

O “boom” de reprodução da Gigoga é uma resposta ao grande derramamento de esgoto sem tratamento nestas lagunas. Significa que o Complexo Lagunar está lotado de cocô, na linguagem informal. Isso mostra que as lagunas estão morrendo, a taxa de oxigênio está baixa e algumas espécies podem estar em risco de extinção.

#FICAADICA

Muita Gigoga na praia é um sinal de alerta, sinal que as lagunas estão morrendo e portanto estamos perdendo a batalha na proteção do meio ambiente.

Especiação

Uma dúvida que vem aparecendo é essa:

Como surgem as novas espécies?

Assista a explicação abaixo.

Em tempo: a explicação está bem resumida para responder exatamente a pergunta feita.

Células Haploide e Diploide

É uma dúvida recorrente, então vamos à ela:

Qual é a diferença entre células haploide e diploide?

Veja o vídeo abaixo e tire as suas dúvidas…

Difusão e Osmose

Uma dúvida de muitos leitores!

Veja o vídeo abaixo e tire suas dúvidas.

Siga o Dicas de Ciências no Instagram. Lá temos mais novidades!

Gêmeos Semi-idênticos

Um fenômeno raro que tem explicação

Essa semana esse acontecimento bem raro na ciência apareceu de todas as maneiras. E eu não poderia ficar de fora desta explicação.

É muito raro acontecer este caso, mas a natureza testa a nossa curiosidade. Você quer entender este caso de gêmeos semi-idênticos? Veja o vídeo abaixo e deixe seus comentários.

Para ajudar, veja o infográfico abaixo:

Clique aqui e acesse a matéria da BBC

Plano de Aula – 4º ano

Mais pedidos de ajuda!

É muito interessante ver que a gente precisa trocar ideias para não estagnar. Cair na mesmice na nossa profissão é uma tentação, mas pode ser algo que vai acabar com o encanto da aula. Então, o desafio de fazer uma aula dinâmica e interessante todos os dias, se torna uma meta. Claro que todos os dias não dá para fazer a tal aula que “bombou”, no entanto podemos tentar.

Vamos à sugestão de aula para o 4º ano.

A habilidade escolhida é essa:

(EF04CI05) Descrever e destacar semelhanças e diferenças entre o ciclo da matéria e o fluxo de energia entre os componentes vivos e não vivos de um ecossistema.

BNNC – 4º ano

Acho que essa habilidade trabalha conceitos essenciais nas ciências. Se o menino entender que vivemos em um sistema de reciclagem de material e energia, ele começará a compreender que não existe “o fora”. Se jogarmos fora um papel, o papel continua em nosso planeta e vai para em outro lugar.

Terrário – um ambiente fechado

Um terrário cumpre o papel deste ambiente fechado. Veja no material de apoio como se monta um, deixei duas opções para montar e em ambas a ideia é de ambiente fechado.

Nesta aula, você pode deixar o terrário pronto para outras observações, como a do ciclo da água. Ajude os alunos a observar, pois essa observação mais “científica” tem que ser guiada. Deixe-os livres para levantar hipótese, não existe o errado aqui.

Material para baixar:

Vídeo de apoio

Para ir além, leve esse vídeo para a turma e debata com eles a importância de se reutilizar sacolas.

Plano de Aula – Primeiro Dia

O que fazer?

Aula é sempre um momento de reinventar. Por mais anos que tenhamos, por mais estrada percorrida,… sempre teremos aquele frio na barriga.

No post sobre sugestões de planos de aula, muitos pedidos foram feitos mas o que mais me chamou atenção foi: ” preciso sair da mesmice no primeiro dia de aula!”

O plano que está em anexo tem essa ideia. Saía da mesmice.

Uma sugestão de Plano de Aula

Em grupos de 4 ou 5 alunos que eles mesmos escolham, você pode perceber já no primeiro dia de aula um pouco de cada um: os líderes, os organizados, os que escrevem, os que observam, os tímidos…

Deixe o grupo escolher a função de cada um:

  • Líder( L): que toma conta do tempo, faz com que o trabalho flua.
  • “Perguntador” (P): o único do grupo que pode perguntar para você ( isso organiza a bagunça). Ele vai reunir as perguntas e fazer para você. Combine como será feito.
  • Mediador (M): aquele que faz com que cada um tenha vez e voz.
  • Repórter / Escritor ( R/E): aquele que vai falar pelo grupo no final de cada etapa e fazer anotações. Pode ser um ou dois alunos ( neste último caso cada um com uma função diferente)

Explique as funções e os deixe escolher. Esse é o momento de mapear os Líderes naturais da sala. Se eles se conhecem, esse etapa se dá de maneira rápida. Se não, pode levar mais tempo.

Use o Plano de Aula como Guia, mas nunca como uma Grade:

Adapte o plano de aula que criei. Ele tem três etapas bem definidas:

  • A apresentação de cada aluno para o grupo. Mesmo se conhecendo faça perguntas que, geralmente, não são feitas em sala: o que você gosta? O que te irrita? Quem são seus melhores amigos? Como se sente na escola?
  • Uma tempestade de lembranças do que sabem em Ciências. Essa parte, deixe-os livres para perceberem o que sabem. Mesmo que os conceitos/palavras não correspondam ao correto.
  • O que levo de Ciências no meu cotidiano? Aqui eles devem ligar o que sabem ao que fazem. Uma coisa é saber, outra é transferir para o seu dia-a-dia.

A cada etapa, deixe um tempo para o Repórter levar para outro grupo o que debateram. Peça para não repetirem de grupo.

No final…

Peça para cada Repórter de cada grupo relatar as conclusões tiradas em cada etapa.

Escreva no quadro os tópicos importantes para que todos vejam.

Nunca esqueça…

Você é o mediador. Não corrija muito pois essa é a etapa de diagnóstico.

Material para baixar:


Plano de aula.

Folha de Planejamento para as suas anotações .

Em jogos Mortais…

Regeneração da Planária

Sensacional, vejam o vídeo:

Estamos no Instagram

Procure o Dicas lá e siga.

Vou colocar curiosidades e dicas de aulas no Instagram para vocês.

1 2 8
%d blogueiros gostam disto: