Pensando em Estratégias

Tempo de Quarentena e a Educação

Foco na solução

Temos que discutir o que fazer e como fazer quando temos milhares de crianças e jovens em casa. Muitos sem acesso a internet.

Como permitir que todos tenham alguma oportunidade de continuar estudando?

Talvez, a hora esteja passando e ninguém ainda acordou para esse hiato que esses meninos e meninas estão vivendo. Temos que ser transparentes: nem todos terão acesso aos AVAs ( Ambiente Virtuais de Aprendizado ) da vida ou mesmo a esse blog. O que fazer?

Tem gente preconizando que nada pode ser feito, nada mesmo. Vamos parar! Todos! Outros querem atingir a quem pode ( que é louvável). Mas temos que ser mais ousados, quem sabe, voltando um passo atrás. Lembram dos telecursos? Que tal? Porém mais modernizados, rápidos, menos entediantes.

O único senão é que para produzir esses cursos, temos que ter tempo ( que não temos) e uma infraestrutura ( que temos nas Redes de TV). Acho que vale a pena pensar nisso.

Outra estratégia é fazer apostilas e mandar. Ter um app, que não seja pago, aberto pelas operadoras com a finalidade de alguma interação ( São Paulo já está nesse caminho). Ou mesmo, ( por que não?) o rádio.

Temos muitas opções, mas se não debatermos vamos ficar só lamentando. Foco na(s) solução(ões).

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.