Skip to content
Anúncios

Misteriosa Baleia de Omura


Imagine uma Baleia de 12 metros e com mais de 100 mil quilos de peso! Agora, imagine que esse “bichinho” nuca tinha sido observado por ai. Difícil de entender. Mas é isso!

A Baleia de Omura era conhecida por fósseis e também foi catalogada em 2003 por pedaços de exemplares mortos. Inicialmente, os pedaços mortos foi confundido com outra baleia ( Baleia-de-Bryde), mas agora os cientistas sabem que é uma espécie diferente.

O estudo publicado na revista da Royal Society Open Science relata que esses primeiros exemplares vivos da baleia de Omura foram identificados em 2011, durante uma pesquisa sobre golfinhos na região de Madagascar, quando os biólogos avistaram duas baleias adultas e um filhote, que pensaram ser Baleias-de-Bryde. No ano seguinte, voltaram a ver mais quatro baleias e perceberam que elas possuíam características um pouco diferentes.

A equipe de investigadores conseguiu recolher amostras de 18 espécimes adultos e fotografar 25 animais.

Foi em 2013 que resolveram explorar áreas mais afastadas da costa e viram membros da espécie cerca de 13 vezes. Em 2014, o número de avistamentos chegou a 44 e então os cientistas constataram por meio de testes de DNA que haviam encontrado a primeira população viva da baleia de Omura.

“Alguns colegas pensaram que se tratava de uma espécie nova e começaram a pensar em nomes. São animais espetaculares, com corpos longos e estreitos”, afirmou o biólogo Salvatore Cerchio, que coordenou o estudo.

Veja que legal, uma baleia desse tamanho só ser avistada agora.

Anúncios

Meu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: