Aula para Seduzir


Essa semana me peguei pensando em como é complicado manter essa geração com alguma atenção em nossas aulas. E comecei a imaginar: O que pode dar certo em uma aula? O que prende a atenção dessa meninada?

Sei o quão está complicado. Esses alunos não estão mais querendo ouvir, copiar e reproduzir o que sabem. Querem mais…

A informação não está mais em nossas mãos. Se no Domingo alguém fala do vírus que causa o Ebola na TV, na Segunda, a aula estará permeada por isso. O Professor tem que ser um Mestre da mediação.

Eu diria o seguinte: mais que mediar, o Professor tem que ser capaz de seduzir. Seduzir sim! A cada aula, em cada turma temos que ser capaz de uma sedução. Sedução no bom sentido:  ” Dom de atrair ou de seduzir, próprio de certas pessoas./ Atrativo a que é difícil ou impossível resistir./ Encanto, atração, beleza de formas ou de estilo que prende a atenção geral.” ( Dicionário Michelis)

Um Professor tem que ser capaz de ” comprar” a atenção destes meninos e isso requer muito preparo, planejamento e sermos   capazes de remanejar nossos caminhos. Fácil? Muito difícil!

Não dá mais pra ministrar a mesma aula que estávamos dando na semana passada ( quiçá a um ano atrás). Meus alunos já chegam em sala com algumas informações: ” Professora, você viu no site tal sobre o Ebola? ” “Profa, você viu na TV sobre os planetas?” … E tudo ao mesmo tempo. E eu quero falar sobre ossos! E ai?

Vamos negociar! Até que ponto esses meninos precisam conhecer os ossos? Até que ponto, naquele momento, a matéria que planejei precisa ser dada? Dá pra entrarmos em um acordo?

Por vezes, por muitas vezes, eu sou transparente: Olha, gente, precisamos falar sobre ossos! Chato pra burro! Mas é necessário. No fim da aula falaremos sobre…………..

E ai é que temos que ter jogo de cintura. O fato de negociar já é alguma sedução.

Seduza, Professor! Tomamos refrigerante porque somos seduzidos pelos comercias a fazê-lo ! Compramos tal marca de roupa porque a mídia nos seduz a querer isso. Por que a escola não pode seduzir ? Nem estou falando em equipamentos, boniteza, ludicidade, … Estou falando dos sujeitos mais importantes em sala: o Professor e o aluno. Nós, Professores, podemos e devemos seduzir nossos alunos!

frase-um-professor-que-tenta-ensinar-sem-inspirar-o-aluno-com-o-desejo-de-aprender-esta-martelando-em-horace-mann-142082

Anúncios

Categorias:Biologia, ciencias, pedagogia

Marcado como:, ,

5 respostas »

  1. Opa Andrea,

    Você fala em “seduzir no bom sentido” e termina ser texto com os seguintes exemplos:
    “Seduza, Professor! Tomamos refrigerante porque somos seduzidos pelos comercias a fazê-lo ! Compramos tal marca de roupa porque a mídia nos seduz a querer isso. Por que a escola não pode seduzir ? ”

    Escola, entre outras coisas, deve ser o espaço da razão! Eu não tomo refrigerante porque, pela razão, sei que faz muito mal pra saúde, logo não me deixo “seduzir” pelos comerciais… idem para comprar roupa de marca e etc.

    A Escola, não deveria, *neste sentido que você usou* seduzir os alunos! A Escola precisa ser relevante para os alunos! Será que todos tem que aprender sobre ossos no nível de detalhismo que a Escola pretende ensinar?

    Será que todos tem que aprender transposta de uma matriz, leis da refração, história do egito antigo e vários outros “enciclopedismos” que estão nos nossos currículos inchados, obsoletos e chatos?

    Não acho que a Escola deva ser um espaço de sedução! Deve ser um espaço de formação! Formar implica em trabalhar a competência de fazer, também, o que não é prazeroso! Tem que ter prazer na Escola! Mas o prazer não é o fundamental da Escola!

    O desinteresse dos nossos alunos na Escola é porque ela é (e está) obsoleta! E não adianta passar “verniz de sedução” em algo que já não funciona! O problema é bem mais em baixo!

    E, claro, nós o Professores que estamos nas salas de aula reais, temos que criar estratégias contrahegemônicas para que os alunos se interessem pela mesma… mas só acho que *não é um problema de sedução*, mas de RUPTURAS 🙂

    Mas gostei da sua provocação 🙂

    abraços

    Curtir

    • Mas se eles são capazes de seduzir para fazermos algo que sabemos prejudicial a nossa saúde, por que a gente não pode seduzir para o bem? Ai está a minha ruptura! E para formar adolescentes, temos que ter a atenção deles. Não dá mais para impor pura e simplesmente. Seduza e forme. Imponha e deforme!
      A Escola está obsoleta e por essa razão não seduz e não forma! Mas a tecnologia só ( pode parecer ” para frente” isso) não seduz. Já vi aulas aborrecidas com muita tecnologia e aula sedutoras debaixo de uma árvore.
      Quando falo em seduzir, não excluo regras, avaliações, aulas… Isso tem que estar no pacote de algum jeito! Fácil? Não é!
      Beijos

      Curtir

Meu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
Andrea Barreto

Andrea Barreto

Sou professora de Ciências e de Biologia em Escolas da Rede Municipal e Particular do Rio de Janeiro ( Brasil). Elemento de equipe da Educopédia / Rioeduca ( Secretaria Municipal de Educação - RJ)

Links Pessoais

Visualizar Perfil Completo →

Follow Dicas de Ciências on WordPress.com
%d blogueiros gostam disto: