Uma leitora minha, a Barbara Fernandes, me mandou pelo email esse pedido de ajuda:

Olá!! Tudo bem? Comecei a dar aulas de Ciências no início desse ano e gostaria de uma ajudinha, se possível. Tenho uma turma de 8° ano bem difícil. Desinteressados, só querem saber de usar o celular e aula que é bom nada. Exercícios? Só se valer ponto, raros são os que fazem por conta própria (dou um jeito de premiá-los). Tem sido um desafio fazer com que eles me escutem. Pode me ajudar? (…) Um abraço e sucesso!

Achei que poderia compartilhar o pedido com todos porque já fui uma Professora iniciante e lembro-me com muita clareza dessa angustia.


Cara Barbara, não se angustie. E se isso lhe deixa mais calma: tenho esses questões até hoje ( 21 anos depois!)!

Vamos por partes:

Nossos alunos são difíceis mesmo. Temos que trabalhar em um terreno hostil, por um lado sabemos o quão importante é para esse menino a formação acadêmica e por um outro tudo conspira contra a atenção deste publico. A sala de aula é um terreno chato, uma pessoa fala ( infelizmente é você ou eu!) esperando que um monte de meninos escutem calma e placidamente. Começa ai o nosso “malhar em ferro frio!” Não dá mais para ser só isso! O aluno tem que ser fiscado pelo nosso fazer. O problema é que temos um público que paga pelo produto e não quer esse produto. Talvez, e é talvez mesmo porque não sei se é bem isso, o produto esteja fora da validade. O que sinto é que a lógica da sala de aula tem que ser virada de cabeça para baixo. Esse aluno já tem um saber não formatado. Ele busca o que é de interesse dele na internet. Acontece que nem sempre aquilo que interessa o aluno é aquilo que temos para oferecer. Rompa com isso.

Coloque o aluno como protagonista. “Perca”um tempo vendo o que lhe interessa. Eles se interessam por exemplo em debates, polêmicas, .. No começo é difícil, uma zona em sala, mas vai entrando em acordos. Coloque para eles que determinadas coisas, não há jeito,  eles têm que aprender. E outras eles podem trazer para a sala de aula. Coloque-os para lerem coisas na Internet ou mesmo nas Redes Sociais que eles gostem. Tem piadas e sensos comuns no Facebook que são maravilhosas para dar aulas. Coloque esse doce para que eles se encantem.

Encantar… como é difícil!

Ai vem a história dos pontos. E ai vem também o que ensinamos implicitamente ou descaradamente para esses meninos: tudo que eles fazem, serão premiados! A escola ( como instituição) faz isso bem! Quebre isso com papos. Nem sempre vai dar para premiar. Mas se os alunos estiverem emocionalmente envolvidos, não haverá a necessidade do prêmio. E esse envolvimento pode ser com essas práticas acima.

Meu problema é que não tenho receita de bolo. Mas não dá mais para lutar contra essas tecnologias. O celular é quase uma continuidade do corpo deles. No entanto, entre em um acordo mútuo. É essencial que você seja o exemplo, basta o Professor usar o celular uma vez em sala de aula para atender uma ligação para que qualquer acordo se quebre. Eu nem levo o aparelho para a sala e falo para eles: “Quando eu atendi o celular em sala?” A resposta é nunca… dai….

Por outro lado, promova o uso dos smarts em determinada aula. Vou lhe contar um caso: estava explicando sobre Classificação de Seres Vivos no 7o ano e usei meu exemplo do Kakapo. Se eu falo que vi um documentário sobre o Kakapo, o que vocês me diriam?- falava pros meninos. Eles fizeram aquela cara de que diabos ela está falando. Expliquei que o Kakapo era uma ave e que por essa classificação dava pra tirar algumas características do bicho. Mas os alunos continuavam a querer mais características da ave e por mais que eu descrevesse não dava conta. Até que um menino me falou: posso usar o Celular para ver o bicho. Combinei com eles que por um tempo deixaria eles buscarem imagens do Kakapo. Foi uma animação só.

O problema é que não temos formação para fazer isso. É um momento de inspiração que temos ali e aqui, quase por intuição, testamos. Algumas coisas darão errado e outras super certo. Coragem, Professora! Só pelo fato de você externar as dúvidas, vejo que já é uma super mega Professora! Triste daquele que só tem certezas!

Beijos!

10603569_861627267188565_1866526911618207405_n Para outras dúvidas me mande um email pelo meu Portifólio. 

Anúncios