Tenho visto uma verdadeira lavagem cerebral sobre o “mal que o glúten faz”!  Mas, realmente, você sabe o que é o glúten? O que ele faz? Ele realmente é um vilão ?

Vamos entender?

d8c2aad1e3773ee817b0be8e888de2ce

O que é o Glúten?

É uma proteína vegetal presente no trigo, aveia, centeio e cevada. Quase todos os alimentos que comemos têm glúten. E veja bem, caro leitor, não é uma invenção da modernidade ( como diria a minha mãe), é um tipo de nutriente que convivemos a milhares e milhares de anos!

O Glúten engorda?

Não. O que acontece é que o glúten é uma proteína relativamente grande que ao chegar ao intestino delgado, leva o inchaço. E mais: o glúten está em alimento com altos índices glicêmicos, ou seja: muito calóricos! O que engorda não é o glúten, são as calorias que os alimentos como pizzas e pães têm.

Se você não tem a doença celíaca, pode comer um pedaço de pão sem susto.

Quando é que devemos evitar o Glúten?

Quando a pessoa tem a doença celíaca, que é caracterizada pela hipersensibilidade intestinal desencadeada pela ingestão do glúten, porém envolve mecanismos alérgicos ou autoimunes, por isso as reações costumam ser mais acentuadas. “Neste caso, o glúten ingerido causa uma inflamação na parede do intestino, fazendo com que ele diminua a capacidade de absorver os nutrientes, e não só o glúten, mas também outras proteínas como gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais”. ( de acordo com Lia Buschinelli, nutricionista do Instituto Paulista de Cancerologia)

Quer entender mais sobre Doença Celíaca, clique na imagem abaixo:

doenca-celiaca-mata-42-000-criancas-por-ano-no-mundo-mas-permanece-desconhecida-no-brasil

 

A dieta sem glúten é benéfica a todos?

Deixar de comer glúten é, definitivamente, essencial para o bem-estar de pessoas com doença celíaca ou outro tipo de intolerância à proteína. Para os demais indivíduos, a medida é desnecessária. Segundo o gastroenterologista Flávio Steinwurz, todas as pessoas livres de intolerância ao glúten conseguem digerir uma fatia de pão perfeitamente. Mas evitar a proteína implica deixar de comer alimentos como massas, pizza e bolachas, que são calóricos e gordurosos, aumentando a chance de uma troca por comidas mais saudáveis. “É possível que a pessoa emagreça, mas não diretamente pela falta de glúten, e sim pela redução do consumo de carboidratos”, diz Vera Sdepanian, gastroenterologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Alimentos com glúten viciam?

Segundo o gastroenterologista Flávio Steinwurz, o glúten não causa dependência.  “Quando um paciente é diagnosticado com doença celíaca e informado sobre os benefícios de tirar o glúten da dieta, não observamos neles abstinência à proteína. É diferente de tirar o chocolate da alimentação de um chocólatra. O chocolate, sim, vicia, já que estimula a produção de serotonina no organismo (neurotransmissor que pode desencadear sensação de prazer e bem-estar)”, diz.

Então…

Se o glúten fosse realmente um vilão para as pessoas saudáveis, os seres humanos todos estariam extintos. Estamos convivendo com esse tipo de nutriente a anos e nossa evolução nos permitiu a lidar com essa proteína. Se fosse como muitos alardeiam, teríamos uma população inteira desnutrida.

O caso é manter o equilíbrio. Comermos de forma saudável. Mas vamos combinar: um pão quentinho com uma manteiga e café… não mata ninguém!

 

Anúncios