Anúncios

‘A escola deveria ser um laboratório de falhas’


Adorei esse texto no site Porvir . E ele começa assim:

Para melhorar a realidade da educação brasileira, é necessário mudar a maneira como os professores ensinam e como os alunos aprendem. Essa mudança conceitual defendida por Gustavo Borba, organizador do TEDxUnisinos e especialista no tema inovação na educação, pressupõe uma modificação no próprio conceito de escola. “Precisamos disseminar uma outra cultura nos nossos sistemas de ensino se quisermos, de fato, mudar nossa realidade educacional: a cultura do ‘aprendemos mais errando’. As escolas deveriam ser entendidas como uma espécie de laboratório de falhas, como espaços de construção. Porque é a partir das falhas que surgem as inovações”, diz Borba.

http://porvir.org/porpensar/a-escola-deveria-ser-um-laboratorio-de-falhas/20131009

Sempre achei isso. Errar não pode ser uma tragédia para o aluno e o Professor! É claro, óbvio, que tem um momento que errar se torna preocupante. O aluno tem que ser capaz de usar aquele conhecimento, se apropriar daquele conhecimento, adequadamente em algum momento. Mas antes de esperarmos que o menino saiba bem aquilo, temos que dar o direito de ele errar. Assim vamos corrigindo o caminho.

Na minha área, vejo isso com clareza. A primeira vez que damos um conceito com o de Célula, achamos ( nós, Professores) que aquilo é simples. Eu me incluo nesta história. Na primeira verificação, se o aluno erra… pronto o mundo desaba. Mas vamos combinar: é complicado. Não vemos a célula sem um microscópio, não convivemos com células no sentido de percebe-las diretamente e não compramos / adquirimos células. Então, é muito complicado.

Acho que, muitas vezes, temos que fazer esse exercício com a gente mesmo: O erro que o aluno cometeu, naquele momento da aprendizagem, era esperado? Se não era, temos que nos preocupar. Se era, vamos trabalhar para ver como podemos ajudar o menino. E fazermos nossa auto avaliação: o que deixei passar para o aluno não se apropriar do conceito? Como ajudar a turma?

Por vezes é um momento! Quem sabe se esperarmos, se deixarmos aquilo assentar …. não vai ajudar?

Leia o artigo inteiro para ver como é legal: http://porvir.org/porpensar/a-escola-deveria-ser-um-laboratorio-de-falhas/20131009

logo_porvir

Anúncios
Sobre Andrea Barreto (1087 artigos)
Sou professora de Ciências e de Biologia em Escolas da Rede Municipal e Particular do Rio de Janeiro ( Brasil). Elemento de equipe da Educopédia / Rioeduca ( Secretaria Municipal de Educação - RJ)

2 comentários em ‘A escola deveria ser um laboratório de falhas’

  1. Prof. João Batista // 30/03/2014 às 18:09 // Resposta

    Como não achei o seu e-mail para enviar propostas, eis um link nisso

    http://www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/2011/124-edicao-93–abril/1189-novo-olhar-sobre-a-matematica

    Curtir

Meu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: