O Uso de Animais no Laboratório


Antes de tudo, revelo uma coisa: Amo animais! Acho que me especializei em Botânica porque nunca me acostumei a lidar com os cobaias no Laboratório.

Diante de tanta polêmica e tantos pedidos para acabarem com experimentos com animais, peço que reflitam comigo. As experiências com cobaias não são feitas de qualquer maneira, existe lei ( Lei Arouca) e protocolos bem rígidos para isso.  Um dos procedimentos que está nos protocolos é evitar a dor e sofrimento destes animais, portanto não é para produzir sofrimento nestes animais.

O que me deixa muito preocupada é que um monte de curas de doenças muito graves dependem deste procedimento. Por vezes, a droga funciona na cultura de tecidos ( no tubo de ensaio), mas não funciona no organismo inteiro. E ai? Como testar? Direto no ser humano? E em quem? Que tipo de pessoa faria isso?

Talvez, no calor de sua emoção, você pense: eu faria para salvar um animal. Friamente, você faria? E não adianta um dúzia de pessoas fazerem, tem que ser muitas ( milhares ) testadas.

O caminho intermediário entre uma cura e o teste, passa pelos animais. Mas volto a sublinhar: nada é feito sem os devidos cuidados.

Se você toma uma aspirina ou um tilenol para dor de cabeça, ou usa um metiolate para um ferimento… saiba que esses simples medicamentos passaram por cobaias para entrarem no mercado. Se é contra o uso de animais, não faça uso deles: nem vacine seus filhos e animais de estimação.

Sabe o que é: temos que ter o devido equilíbrio para tudo, até no momento de nos arvorarmos em amigos dos animais. Sou contra o uso de animais para o teste de cosméticos, mas a favor do uso ( dentro da Lei) de cobaias para testes com drogas que curam ou que melhoram a qualidade de vida das pessoas.

Anúncios

2 respostas »

  1. Remédios são drogas e muitas vezes não curam.Minha mãe tem uma dor crônica nos braços ,pernas e coluna cervical.Nenhum remédio cura a dor .Fazer o que? SOU CONTRA ISTO QUE FAZEM COM OS ANIMAIS E PONTO FINAL.

    Curtir

    • Não estou dizendo que toda droga funciona em todos os casos e que todas as doenças estão curadas. Mas o que dizer para uma mãe que espera a cura de uma doença grave, se não podemos testar nos animais ( com protocolos específicos) o remédio que está sendo desenvolvido?
      O caminho do meio é ( quase sempre ) o mais certo! Peço somente equilíbrio nas opiniões!

      Curtir

Meu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
Andrea Barreto

Andrea Barreto

Sou professora de Ciências e de Biologia em Escolas da Rede Municipal e Particular do Rio de Janeiro ( Brasil). Elemento de equipe da Educopédia / Rioeduca ( Secretaria Municipal de Educação - RJ)

Links Pessoais

Visualizar Perfil Completo →

Follow Dicas de Ciências on WordPress.com
%d blogueiros gostam disto: