Skip to content
Anúncios

Capivara


Gostei da pergunta feita pela Rosana, leitora do Dicas sobre Capivaras.

Ela deve ser moradora da Barra ou do Recreio, por aqui esses bichos estão dando a maior bandeira. Ficam na beira das lagunas, mastigando o mato. Aqui perto da minha casa tem uma família, um dia tiro fotos.

Vamos lá ?

capivara (Hydrochoerus hydrochoeris) é um mamífero roedor que pertence à família Hydrochaeridae. Trata-se do maior animal entre os roedores.

Um animal adulto chega a ter 1,20 m de comprimento e pesa até 60 kg, em seu habitat natural. Em cativeiro chega a 80 kg. Sua pelagem é rala e grosseira, de cor castanha. Seus dedos, quatro nas patas dianteiras e três nas traseiras, são unidos por membranas que a tornam uma ágil nadadora.

Seus predadores naturais são onças, jacarés e piranhas.Vive em manadas e tem hábitos noturnos. De manhã descansa na sombra, à tarde gosta de nadar e à noite sai para alimentar-se. O grupo anda sempre em trilhas fixas, caminhando em fila, um com a cabeça sobre a anca do outro.

A capivara se alimenta quase exclusivamente de capinas e prefere grama curta, porque seus dentes permitem cortar folhas e talos bem rentes ao solo. Na água, gosta de mergulhar e comer algas que crescem nas pedras. São excelentes nadadoras.

INFORMAÇÕES DO IBAMA: 

É bom lembrar que criar animais silvestres exige autorização do IBAMA. Isto vale também para quem tenha animal em estado natural na propriedade.

A Lei de Fauna, Lei 5.197/67 proporcionou medidas de proteção e, com o advento da Constituição Brasileira de 1988, o protecionismo à fauna ficou bastante fortalecido tendo em vista o teor do seu Art. 225, assim descrito: “Proteger a fauna e a flora, vedadas, na forma da Lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoquem a extinção das espécies ou submetam os animais a crueldade”.

Esta Lei elimina a caça profissional e o comércio deliberado de espécies da fauna brasileira. Por outro lado, faculta a prática da caça amadorista, considerada como uma estratégia de manejo e sobretudo estimula a construção de criadouros destinados à criação de animais silvestres para fins econômicos e industriais.

Criação de animais da fauna brasileira em cativeiro para fins comerciais

A criação de animais da fauna brasileira em cativeiro para fins comerciais ou econômicos, previstos no Artigo 6º da Lei 5197/67, de 3 de janeiro de 1967, é regulamentada através de portarias publicadas pelo IBAMA.

Base Legal – A Portaria 132/88 de 5 de maio de 1988 é uma portaria geral que trata da implantação de criadouros comercias para as espécies que não possuam um plano de manejo específico.

Importante: nunca mexa nestes bichos! Apesar da aparência pacífica, eles mordem para se defender e são portadores de doenças. 

Uma explicação para a Capivara estar de bobeira por aqui, talvez seja a falta de alimentos no seu Habitat e ai elas vem para perto dos condomínios comer o capim que tem aos montes por aqui.

Classificação:

ORDEM: Rodentia
FAMÍLIA: Hydrochaeridae
NOME CIENTÍFICO: Hydrochoerus hydrochoeris
NOME COMUM: Capivara (Brasil e Paraguai)
OUTROS NOMES: Carpincho (Argentina); chiguiro (Colômbia); chiguire (Venezuela).
NOME EM INGLÊS: Capybara
TEMPO DE VIDA: 10 a 12 anos

HABITAT: florestas úmidas e secas, pastagens próximas à água (região dos Lhanos e pantanal)

12-b72c47c545

Anúncios

Meu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: