Processos da Evolução


Evolução é um dos pilares da Biologia. Junto com a Genética, essa parte da Biologia é um dos temas estruturantes da Ciência que estuda a vida. Se você, realmente, entende evolução, você vai entender biologia.

Vamos conversar aqui sobre alguns processos que levam a evolução das  espécies. Mas antes vamos rever o que é evolução:

Evolução é o processo pelo qual organismos modernos se desenvolveram a partir de antigos ancestrais. A evolução é responsável tanto pelas similaridades impressionantes que vemos entre as formas de vida quanto pela incrível diversidade dessa mesma vida – mas como funciona exatamente?

A variedade está na base da evolução. Somente com a variedade de indivíduos é que a seleção natural pode acontecer. E quando falamos em variedade, falamos em variedade de genes. Por que, por exemplo, um besouro é verde e outro ( da mesma espécie) é preto? Porque tem um gene ou (provavelmente) um conjunto deles que ” dizem para o besouro: você é verde ou preto”.

Variação genética é fundamental para o processo e é nela que forças seletivas atuam para que a evolução ocorra. Essa seção examina os mecanismos da evolução focando em:

  • Descendência e as diferenças genéticas que são herdadas e transmitidas para a próxima geração;

Quando acontece uma mudança no pool genético da população original essa mudança será transmitida para a próxima geração. Vamos dar um exemplo:

A maioria dos besouros da população (90%) tem os genes para coloração verde brilhante e alguns deles (10%) têm os genes que os fazem marrons. primeira Geração
Algumas gerações depois, as coisas mudaram: besouros marrons são mais comuns do que eram e somam 70% da população. segunda Geração

 O que mudou no exemplo acima? Você sabe me dizer?

Uma mutação aleatória pode acontecer na população. Como no exemplo acima: uma mutação aconteceu e os besouros comuns passaram a ser os marrons. Essa mutação ocorre nos genes por vários mecanismos e dessa mutação ( junto com outras) surgirá a variedade; ai a seleção natural vai atuar.

Por exemplo, se o ambiente que vive o besouro marron for marron também e por alguma razão o ambiente ficar verde, o que acontecerá com a população marron destes besouros? E a verde?

Sem variação genética, alguns dos mecanismos básicos de mudanças evolutivas não funcionariam.

Existem três fontes primárias de variação genética, sobre as quais vamos aprender mais:

    1. Mutações são alterações no DNA. Uma única mutação pode ter um amplo efeito, mas em muitos casos, alteração evolutiva é baseada na acumulação de mutações.
    2. Fluxo Gênico é qualquer movimento de genes de uma população para outra e é uma importante fonte de variação genética.
    3. Sexo pode introduzir novas combinações de genes em uma população. Essa mistura genética é outra importante fonte de variação genética.


Mistura genética é uma fonte de variação.

  •  A natureza aleatória da deriva genética e os efeitos de uma redução da variação genética.

A deriva genética – juntamente com a seleção natural, mutação e migração – é um dos mecanismos básicos da evolução.

Em cada geração, alguns indivíduos podem, apenas por acaso, deixar para trás alguns descendentes a mais (e genes, é claro!) que outros indivíduos. Os genes da próxima geração serão os genes dos indivíduos “sortudos”, não necessariamente do mais saudável ou do “melhor” indivíduo. Isso, em resumo, é a deriva genética. Acontece com TODAS as populações – não há como evitar os caprichos do acaso.

Deriva Genética

 

Anúncios

3 respostas »

Meu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
Andrea Barreto

Andrea Barreto

Sou professora de Ciências e de Biologia em Escolas da Rede Municipal e Particular do Rio de Janeiro ( Brasil). Elemento de equipe da Educopédia / Rioeduca ( Secretaria Municipal de Educação - RJ)

Links Pessoais

Visualizar Perfil Completo →

Follow Dicas de Ciências on WordPress.com
%d blogueiros gostam disto: