Skip to content

A Ciência da Geleca

Quem nunca ficou brincando por horas com a Geleca ou Amoeba , que atire a primeira pedra!

É uma delícia apertar entre os dedos e sentir aquela coisa gosmenta escorrer. Eu adoro! Mas você já se perguntou o que é aquele negócio? Vamos lá !

Uma formulação comercial para brinquedos tipo geleca — conhecida como polyvinyl alcohol slime — utiliza poli(álcool vinílico), bórax, água, corante e um agente antifúngico para evitar que a massa embolore. O poli(álcool vinílico) é um polímero.

Os polímeros são macromoléculas orgânicas (moléculas gigantes) formadas pela união sucessiva de monômeros (moléculas orgânicas pequenas).  Entre os tipos de polímeros existentes, temos as borrachas, que podem ser naturais ou sintéticas.

As ligações das moléculas  são lábeis, isto é, estão constantemente se rompendo e se formando novamente. Isso explica o comportamento da geleca. A união entre as cadeias faz com que a massa tenha comportamento elástico. Se for rapidamente esticada e solta, a tendência inicial será a de se contrair. Porém, se a massa for rapidamente esticada e mantida esticada, ou se for lentamente puxada, ela se tornará fluida e acabará permanecendo no novo formato. Este comportamento é um de fluido não newtoniano, isto é, sua viscosidade não é constante e depende da força a que está submetida.

 

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: