Skip to content

Bactéria + Arsênico = Vida

Antes de Dezembro de 2010, se você fosse um cientista e tivesse que procurar alguma forma de vida em algum planeta; teria que começar a procurar por alguns elementos básicos: oxigênio, hidrogênio, carbono, fósforo, enxofre e nitrogênio. Pois todas as formas de vida que conhecíamos até então têm esses elementos.

Mas agora isso mudou. Foi descoberta uma bactéria no Lago Mono, da Califórnia, que possui Arsênio no lugar do Fósforo.O lago é extremamente salgado e conta com níveis elevados de arsênico, um elemento que fica logo abaixo do fósforo na Tabela Periódica. Isto modifica nossa forma de encarar a vida.

A bactéria foi chamada de GFAJ-1 e foi coletada do fundo lamacento do lago Mono. Depois, a amostra foi levada ao laboratório, onde foi “plantada” em um meio de cultura. Neste meio de cultura, a concentração de Arsênio foi sendo aumentada e testes foram sendo feitos, verificando que a bactéria estava absorvendo esse arsênio.

Esta descoberta ainda tem que ser muito estudada, mas mostra que a vida não é tão simples como podemos imaginar. Tem muitas facetas, muitos ângulos que devem ser analisados. Estamos ainda tateando neste campo.

A vida extraterrestre talvez esteja baseada em outros elementos, não muito diferentes das que conhecemos, mas há uma diferença ( quem sabe outras) que pode marcar um outro momento no mundo científico. Se passamos, antes, por lugares , em outros planetas, ricos em arsênico e não olhamos com atenção: é hora de voltar lá e verificar. Será que a vida não estava ali ?

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: