Skip to content
Anúncios

Eureka – Arquimedes!


Imagine a reação de um homem quando encontra a solução de um problema…

A reação de Arquimedes foi tremenda. Arquimedes viveu em Siracusa, Sicília, há vinte e dois séculos atrás. O rei Hierão fez uma encomenda de uma coroa de ouro, mas achou que alguém tinha ” garfado” um pouco de seu ouro e feito parte da coroa de prata. O rei recorreu ao sábio Arquimedes e disse para ele descobrir se aquela coroa  tinha a quandidade de ouro que  havia dado ao ourives ou tinha prata. Mas havia uma condição : A coroa não poderia ser derretida – assim podia se separar o ouro de outro metal qualquer.

Pobre Arquimedes! Então, conta-se que Arquimedes foi para uma banheira relaxar e observou que o volume da água derramada da banheira cheia em que entrara era igual ao volume da parte do seu corpo dentro da água. Ele viu imediatamente como deveria resolver o problema. Sem ao menos se vestir, Arquimedes correu para casa gritando Eureka! (Achei!)

Imagine essa reação: Um homem nu, correndo na rua e gritando achei!

Vamos ver como Arquimedes solucionou o problema ?

Arquimedes pesou a coroa do rei no ar. Depois ele colocou na água e viu o volume de água que a  Coroa deslocou. A seguir, Arquimedes fez o mesmo com a quantidade de ouro que o Rei achava que tinha na coroa. Se o volume de água deslocado pelo ouro fosse o mesmo que o deslocado pela coroa… Pronto.. O rei não precisava se preocupar. Mas se o volume fosse diferente… O Ourives estava em apuros sérios!

Para entender melhor…

Ao mergulharmos em uma piscina sentimos que o nosso corpo está mais leve. Isso se deve ao Empuxo,que é uma força exercida pelo líquido sobre o corpo, vertical e para cima, que alivia o peso do corpo.

O corpo só flutua se o empuxo for maior que o peso. Para o corpo afundar, o empuxo é menor que o peso.  E se o corpo está em equílibrio ( nem na superfície e nem no fundo), o empuxo é igual ao seu peso.

Isso foi determinado por Arquimedes que postulou :

Todo corpo mergulhado num fluido (líquido ou gás) sofre, por parte do fluido, uma força vertical para cima, cuja intensidade é igual ao peso do fluido deslocado pelo corpo.

Outras coisas foram pensadas por Arquimedes como o Parafuso de Arquimedes. O parafuso era montado sobre um apoio de forma a ficar inclinado relativamente à superfície da água e com a extremidade inferior submersa. Quando era posto a rodar em torno do seu eixo, por acção da manivela, a água era obrigada a subir ao longo do parafuso.

Para saber mais clique aqui:

Eureka

Parafuso de Arquimedes

Anúncios

2 Comments »

  1. Ciência é nada mais é que o princípio de tudo o que temos,vemos e vivemos. Ciências é show. Amo a ciência porque amo a vida.

    Curtir

Meu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: