Skip to content
Anúncios

Sistema Genital Feminino


O Sistema Genital Feminino é constituido de : 


  • Dois ovários,
  • Duas Tubas uterinas ( ou Trompas de Falópio ),
  •  Útero,
  •  Vagina,
  • Vulva.

Também fazem parte do sistema genital feminino as glândulas mamárias, órgãos destinados à alimentação do recém-nascido, durante seus primeiros meses de vida.  

Nos ovários ocorre a produção dos ovócitos que depois de maduros serão os óvulos ( gametas femininos). No final do desenvolvimento embrionário de uma menina, ela já tem todas as células que irão transformar-se em gametas nos seus dois ovários. Os ovários também produzem os hormônios estrógeno e progesterona.

As Tubas Uterinas ou Trompas de Falópio são dois tubos que unem o ovário ao útero. Seu epitélio de revestimento é formados por células ciliadas. Os batimentos dos cílios microscópicos e os movimentos peristálticos das tubas uterinas impelem o gameta feminino até o útero.  

O Útero é um órgão oco e musculoso.situado na cavidade pélvica. É revestido internamente por um tecido vascularizado rico em glândulas – o endométrio. 

A vagina é um canal de 8 a 10 cm de comprimento, de paredes elásticas, que liga o colo do útero aos genitais externos.

Ciclo Menstrual :

Quando a menina entra na puberdade e ocorre a primeira menstruação ( menarca) a cada Mês um ovário ( geralmente) vai liberar um óvulo ( ovulação).  O ciclo menstrual na mulher é causado pela secreção alternada dos hormônios folículo-estimulante e luteinizante, pela pituitária (hipófise) anterior (adenohipófise), e dos estrogênios e progesterona, pelos ovários.  

No primeiro dia da menstruação, propriamente dita, a pituitária anterior secreta maiores quantidades de hormônio folículo-estimulante , que – com uma série de eventos- vai fazer que o ovário produza estrógeno. O endométrio começa a descamar. Lá pelo 7o dia ( mais ou menos) a descamação acaba pela ação do FSH – Hormônio Folículo Estimulante – que atinge o seu nível máximo.

Um ovócito começa então a amadurecer ( geralmente um, mais podem ser dois) e pelo 14o dia ocorre a ovulação. Isso acntece pela ação do Homônio luteinizante (LH) , que ao chegar a sua máxima concentração no 14o dia ( mais ou menos) estimula a ovulação e  também o início do espessamento do endométrio.

A alta taxa de LH estimula a formação do corpo lúteo ou amarelo no folículo ovariano. O crpo lúteo começa a produzir progesterona, com o aumento deste hormônio as taxas de  LH e FSH caem e ao final deste Ciclo corpo lúteo involui, de modo que a secreção de estrogênio e progesterona cai para níveis muito baixos. É nesse momento que a menstruação se inicia, provocada por esse súbito declínio na secreção de ambos os hormônios.

 No caso de uma fecundação,o zigoto tem igualmente a capacidade de produzir um hormônio, denominado gonadotrofina coriônica, com uma missão fundamental.  Quando o ovo recém-formado se abriga no interior do útero, lança na circulação materna este hormônio destinado a agir sobre o corpo amarelo no ovário e rigorosamente “avisá-lo” que há um ovo precisando de sua ajuda e que ele deve continuar a produção de progesterona além daqueles poucos dias de um ciclo comum.  Porque quando não há gravidez é a cessação da atividade do corpo amarelo que resulta em menstruação.  

Anúncios

3 Comments »

Meu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: