O tema que ganhou em nossa pesquisa foi a Educação Sexual. E como o combinado estou postando sobre o assunto.

A melhor forma que pensei em abordar esse assunto, foi colocando perguntas comuns ( que ouço nas minhas aulas) e responder. É claro que o assunto não vai se esgotar aqui, por isso façam mais perguntas. E , na medida do possível, eu respondo!

Então…

O que é menstruação ? E por que ela acontece ?

Menstruação é a perda mensal de sangue, que se inicia por volta dos 12 -13 anos na mulher. O útero se prepara todo o mês para receber um possível embrião, que é o resultado da fecundação – do encontro do óvulo e do espermatozóide. Assim, o revestimento interno do útero – endométrio – fica com muito sangue e, quando não há nenhum embrião para o endométrio receber, esse descama e há o sangramento. Por isso, acontece a menstruação.

Isso significa que a mulher já está ovulando e pode ficar grávida.

O que é ejaculação ?

É a saída do líquido seminal ( também conhecido como esperma). No menino, os espermatozóides são produzidos à partir dos 14-15 anos. E o líquido seminal possui estes espermatozóides que podem fecundar o óvulo, gerando um novo ser.

O que é orgasmo?

Orgasmo é uma reação intensa e prazerosa do corpo. Ocorre ao fim de vários estímulos eróticos realizados pelo(a) parceiro(a) ou pela própria pessoa ( na masturbação). É uma excitação muito legal se a pessoa sabe o que lhe está ocorrendo, sem culpas e sem medo.

O que é masturbação ? Faz mal?

É o ato de autocarícia no próprio corpo, causando o orgasmo – muitas vezes. É um ato natural, mas muitas vezes visto como imoral e feio. Quando a pessoa se masturba, ela está conhecendo o seu corpo. Dessa forma ela tem condições de saber o que mais lhe agrada na hora de fazer sexo com outra pessoa.

Mas isso não significa que a pessoa tenha que fazer isso com tanta freqüência. Nada que atrapalhe a sua vida é bom. Se a pessoa larga uma festa, um papo furado com amigos, a escola,… para jogar vídeo game; isso é muito ruim. O mesmo acontece com a masturbação: se a pessoa deixa de se relacionar com os outros, de fazer amigos e de paquerar … para se masturbar… ai está o problema.

Quando pode acontecer a minha primeira vez? Tem idade certa?

Para você fazer sexo pela primeira vez, você tem que estar preparado(a). Ter uma conversa franca com o(a) seu (sua) parceira (o) sobre os métodos anticoncepcionais. Nada de pressa. Tudo tem que acontecer quando você se sentir , realmente, preparado. Não há idade certa para isso.

É claro que tem gente que pula etapas. Você já comeu uma manga direto da mangueira ? Não é muito melhor do que aquela que compramos no mercado? Porque a manga da mangueira não amadureceu a força. Teve seu tempo para amadurecer e ficou doce. É a mesma coisa na nossa vida. Não vá fazendo porque você é o único(a) virgem da turma. Ou porque a menina ou o menino mais espetacular que já viu “ta’dando mole”. Não é assim! Seu corpo é muto valioso. Não pule etapas, amadureça e pense : “É a hora ?” Se pintar dúvidas ou se não tiver coragem de conversar com a (o) seu (sua ) paceiro(a) antes… não faça ! Lembre-se da manga!

Anúncios

Escrito por Andrea Barreto

Sou professora de Ciências e de Biologia em Escolas da Rede Municipal e Particular do Rio de Janeiro ( Brasil). Elemento de equipe da Educopédia / Rioeduca ( Secretaria Municipal de Educação - RJ)

24 comentários

  1. […] só clicar aqui : Educação Sexual addthis_url = ‘http%3A%2F%2Fdicasdeciencias.edublogs.org%2F2008%2F08%2F16%2Feducacao-sexual%2F’; […]

    Responder

  2. Estou aqui também para mais uma vez elogiar seu trabalho… Muito bem estruturado. Parabéns…

    Responder

  3. Muito interessante esse trabalho …

    Responder

  4. Parabéns pelo seu trabalho fikou otimo!!!
    Que Deus t de mais sabedoria pra vc poder passar para os outros attravés desse site!!!!Bjaum!!

    Responder

  5. comecei a dar aulas este ano e tenho aproveitado muito seu amterial de estudo dirigido, parabéns

    Responder

  6. gilson alves 19/09/2008 às 00:15

    seu blog è um show de bola!!! adorei as dinâmicas, dar´para ficar emocionado com o resultado entre os alunos. mais uma vez e sempre parabéns

    Responder

  7. valeria araujo 27/09/2008 às 19:02

    eu sou professora tenho que abordar esse assunto , sua dinâmica foi show vou tomar como base a partir do seu trabalho gostei muito.

    eu gosto desse assunto com os adolescentes ,consigo abordar com muito naturalidade, levando em conta a curiosidade deles.

    Responder

  8. muito bom esse trabalho seu isso ta tirando duvidas de muitos jovens.E foi muito útil no meu trabalho da faculdade..

    Responder

  9. genesis evangelista da silva 05/10/2008 às 17:32

    parabens pelo trabalho, mas não podemos analizar a sexualidade so do ponto fisico, as veses erramos muito por não ver e nem acreditatar que Deus deve fazer parte de tudo isto. não tem ninguem que entenda mais de ser humano do que o seu criador. o que DEUS PENSA DA SEXUALIDADE. O sexo foi DEUS QUE CRIOU. QUE TAL APLICAR ALGUNS PRINCIPIOS DE Deus na sexualidade?

    Responder

    1. genesis evangelista da silva oi td bem?nao estamos aqui falando de religiao, biologia nao tem nada a ver com isso esse site é criado para professores ou interessados em ciencia. numa sala de aula vc vai lidar com alunos de varias religioes e educaçao e religiao nao se combinam, cada qual na sua. religiao é algo pessoal e é respeitando é que se é respeitado.

      Responder

    2. Arimatéa de Andrade 26/07/2010 às 13:30

      RESPEITO MUITO A FÉ DE CADA PESSOA. MAS HÁ CASOS QUE NÃO PODEMOS CALAR, COMO VOU ENSINAR O FUNCIONAMENTO DO CORPO HUMANO SEM FALAR E ESTUDAR O SEXO? É PRECISO QUE AS ESCOLAS TRATEM DE EJACULAÇÃO COMO TRATA A RESPIRAÇÃO, A VISÃO, ETC. O VATICANO II JÁ TRATA QUALQUER MÉTODO CONTRACEPTIVO COMO CONDENÁVEL (EXCETO A TABELINHA);EM PLENO SÉCULO XXI ISSO É NO MÍNIMO, UM ATRASO.É PRECISO CONCILIAR A FÉ EM DEUS COM O SEXO E A SEXUALIDADE, NÃO PODEMOS NOS CASTRAR OU CASTRAR OS OUTROS ! AFINAL SE O HOMEM É OBRA DE DEUS, ENTÃO ELE FEZ O SEXO TAMBÉM;OU NÃO??

      Responder

      1. Tema bem delicado, Arimatéa !
        Temos que por dever da profissão, ensinar e falar sobre os métodos anticoncepcionais e sobre sexo. Mas devemos também respeitar o culto e a religião do aluno. Cabe a ele, com a orientação da família, escolher a melhor prática. A escola , via o Professor, tem que informar e dar instrumentos para que aquele menino saiba o que fazer e saiba tomar sua decisão.
        Dou aulas em diferentes lugares, entre eles uma escola católica. É justamente ali que tenho a maior liberdade de falar sobre o assunto ( até em palestras com pais). Mas sempre procuro não impor ( da melhor forma possível) as minhas ideias ou ideologias. Isso é bem complicado, porém temos que saber que estamos ali para plantar informações e não fazer uma cruzada contra qualquer ideologia.
        Acredito que o Vaticano vai ter que rever esses ” atrasos”! O que não podemos de maneira alguma é desrespeitar o aluno e sua família.
        Beijos

        Responder

  10. Não estou aqui para discutir religião, nem me acho preparada para isso. Mas mesmo assim: Quem sou eu para saber o que pensa Deus sobre a sexualidade humana ? Será que é isso que importa ? Para quem acredita em Deus, basta ter confiança Nele e viver a vida conforme os Seus ensinamentos! Não é assim?

    Responder

  11. SEU TRABALHO É MUITO BEM VISTO
    PARABENS

    Responder

  12. TAMBÉM SOU PROFESSORA E ACHEI INTERESSANTE TEU TRABALHO. PARABÉNS

    Responder

  13. ótimo trabalho essas realmente sao as perguntas mais feitas

    Responder

  14. vania da silva feitosa 31/05/2010 às 15:02

    muito bom o seu trabalho !

    Responder

  15. michele da costa gama 22/06/2010 às 21:42

    seu blog tem me ajudado muito, obrigada, vc está de parabens

    Responder

  16. Ótimas respostas e ilustrações para o começo de uma discussão que, por acaso, pai e mãe deveriam estar a par e fazendo em casa, primeiro. Que tal adicionar que, além de se estar física e emocionalmente preparados, é necessário se estar pronto para criar filhos, já que o ato sexual muitas vezes leva à reprodução, mesmo com a ajuda de preventivos? E não se pode deixar de alertar os alunos sobre a possibilidade de transmissão de doenças sexuais. Enfim, é preciso se apresentar o quadro todo para que o adolescente esteja ciente do peso que suas decisões têm em relação ao seu futuro..

    Responder

    1. Pronto, Cristina!
      Você adicionou.
      Obrigada!

      Responder

  17. é mutio enteresante esse asusto é estou estudando para a prova @!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

    Responder

  18. esse site é muito interesante

    Responder

  19. Adorei o trabalho. É uma forma simples para explicar e para que os adolescentes entendam claramente. Vou usar na palestra para o meu projeto!

    Responder

  20. Parabéns pelo seu trabalho

    Responder

Deixe uma resposta