Imagine que você e seus colegas têm um armário bem grande. Que não passa pela porta da sua sala de aula, nem pelas janelas e vocês têm que colocá-lo para dentro. O que você faria ?

Acertou se você pensou que poderia desmontar o armário, reunir as peças dentro da sala e montá-lo novamente. É mais ou menos isso que o nosso corpo faz na digestão, ele “desmonta” o alimento em substâncias menores e coloca dentro da células. E as células irão fazer outras substâncias com aquelas moléculas simples.

A digestão é a quebra de moléculas grandes do alimento em moléculas menores.

A digestão começa na boca :

Quando comemos um sanduíche, a quebra das moléculas do pão se inicia na boca. Na boca o alimento é triturado ( mastigação) e umidecido com a saliva. Na saliva existe uma enzima chamada de amilase, que quebra o amido ( um tipo de açúcar ) em maltose.

Depois o alimento passa pela faringe, que é um tubo que serve tanto para o aparelho digestório e respiratório. E segue para o esófago. O alimento é empurrado por esse tubo por um movimento chamado de peristálticos. Veja a figura.

No final do esôfago, o alimento encontra o estômago. Neste órgão, o bolo alimentar continua a sua digestão. Agora, as protéinas são digeridas. No estômago , o alimento é misturado ao suco gástrico que é muito ácido por causa do ácido clorídrico. Duas enzimas, pepsina e renina agem. A pesina decompõe a proteína e a renina age nos bebês digerindo a protéina do leite. Após, os dois anos , mais ou menos, a criança pára de produzir essa enzima.

Depois, o alimento segue até o intestino delgado, onde o suco pâncreático ( produzido pelo Pâncreas ) age. No suco pâncreático encontramos as enzimas que acabam de digerir os carboidratos e as proteínas. Também ocorre a digestão dos lipídios ( gorduras).

A bile ( produzida pelo fígado) age diminuíndo as gorduras em pequenas gotinhas. E isso ajuda a digerir os lipídios. Por fim, o alimento vai para o intestino grosso onde os nutrientes são absorvidos para o sangue, junto com a água e os resíduos acabam virando as fezes.

Os nutrientes absorvidos para o sangue seguem e irão para cada célula do nosso corpo.

Anúncios