Skip to content

Atrito, Chuva e Acidente

Alguns dias já se passaram do trágico acidente da TAM. Foi horrível ! Mas o que temaviao.jpg haver a pista com água e o avião que não conseguiu parar ?

O que é a tal aquaplanagem ? O que a ciência pode explicar usando esse fato terrível que aconteceu ?

Vamos lá ! Os corajosos me acompanhem.

A primeira coisa que temos que entender é : O que é atrito ?atrito1.jpg

Imagine que você chegou em casa, com aquela fome depois daquela aula de Ciências na escola. Você entra em casa correndo, larga a mochila na sala e entra na cozinha procurando algo para seu estômago. Mas a sua mãe ( ou a empregada) está lavando o chão da cozinha, que está cheio de água e sabão. E você entra correndo !!! O que acontece ? Estabaco na certa !!!

Bom, isso se deu pela falta de atrito. Toda a superfície , por mais lisa que a gente pense que é, tem um monte de “dentinhos”. Essas imperfeições seguram a força que você faz, faz uma força contrária ao movimento. Assim, atrito é uma força contrária ao movimento feito.

No caso do avião , as ranhuras que deveriam estar na pista de Congonhas iriam , além de trenar a água da chuva, servir para aumentar o atrito. Qualquer um que já passou pelo caso da cozinha molhada sabe como é complicado parar . Imagine se você fosse um avião ! ( No caso das meninas lindas são aviões, mas não é desse tipo que falo!!!)

Somado a isso temos que entender o fenômeno da aquaplanagem, que é um lado desta história. Com muita água, o pneu do carro ou do avião perde a aderência com a pista. É como se o pneu ficasse flutuando entre a pista e a película de água. Isso faz com que os tais “dentinhos”da nossa superfície, não estejam tocando o pneu. E vai parar algo pesado e com velocidade nestas condições ! Já imaginou ?

Anúncios

6 Comments »

  1. Legal o blog.

    Só queria atentar para o fato de que as ranhuras, apesar de realmente aumentarem o atrito, não o alteram de forma significativa, sua importância é mais para a drenagem da água mesmo. Um outro exemplo desse tipo de “tecnologia” são os pneus. O sulcos nos pneus servem exatamente para diminuir a película d’água durante as chuvas!

    Em veículos com roda, a relação entre atrito e movimento é mais complicada, porque o atrito é justamente o que dá tração. Pense, por exemplo, num veículo em cima de uma pista de gelo. Quando vc acelera, o carro “patina”! Mas para freiar, o atrito também é fundamental. O cenário ideal é operar sempre dentro dos limites do atrito estático entre o solo e a roda; quando entra em atrito dinâmico é quando temos derrapagens (e é isso que os sistemas de ABS fazem)!

  2. oi …
    parabens pelo site, gostei da maneira que vc’s falam com a gente !
    gostaria de ter algum de vc’s no meu msn!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: