Essa semana jogaram um balde de água fria ( bem gelada) na cabeça dos professores da rede municipal do Rio de Janeiro. Neste ano estamos implantando o ciclo, de maneira meio truncada mas vamos nós ! Porém, nenhuma mudança no sistema de avaliação se deu até agora. Só que, nesta semana, soubemos que a avaliação mudará de 5 conceitos caímos para 3. Assim, pasteurizaram a avaliação. Quanto maior a gradação nos conceitos mais fácil será para o aluno entender o que está acontecendo com ele.
Mas o pior é que : NÃO PODEMOS MAIS REPROVAR. Passou pela sua cabeça a velha frase: “Reprovar não adianta nada. O aluno que é reprovado não apresenta melhoras. Fica sem ânimo.” Pois bem, não acho que seja bem assim. Reprovar não ajuda se o professor não fica atento as modificações que têm que ser feitas na sua aula para ajudar aquele aluno reprovado. Não acredito na reprovação em massa, como era feito quando entrei no município ( a 13 anos atrás) onde metade de uma turma ficava reprovada.
Porém temos alunos que necessitam deste passo atrás para continuar, eles mesmos percebem o que aconteceu e se recuperam bravamente. Tenho vários exemplos disto. É que tratam nosso aluno como um desvalido emocionalmente, pouco capaz de se frustar e de assumir seus erros. Que geração a gente está formando ?
E tenho mais novidades, tão ruins quanto as anteriores: o nosso aluno será avaliado com um só conceito no final. Lembra do seu boletim, onde se lia as disciplinas com as suas notas ou conceitos? Dez em matemática, seis em ciências ou A em história, D em português, lembrou ?

Agora vamos etiquetar o aluno: João será R ( regular), Maria será B ( Bom) ou Pedro será MB ( Muito Bom). E só ! Acabaram -se as diferenças ! Quem era melhor em Ciências ou em Línguas,vai estar massificado em um conceito só .
E somaremos isso com o fato de estarmos availando o aluno no sistema antigo ,e ,só agora ( uma semana antes dos conselhos de classe) somos avisados disso. Veja bem : avisados, nunca consultados.
A qualidade vai cair ainda mais, o município do Rio tem 2,5 de média nas avaliações federais ( em 10). E depois ainda teremos que ouvir que os professores são os culpados pois não sabem dar aulas, não tornam a aula prazerosa, não animam o aluno ( somos animadores de auditório? ) e não sabem avaliar.

Isso é um insulto !
Desculpe-me o desabafo ! Mas não estou nada satisfeita!
Você colocaria o seu filho nesta escola?

Anúncios