Eh … Tema difícil de ser tratado, não ? Ainda mais com um monte de informações e valores que estão por ai e que são , pelo menos ao meu ver, permissivos. E como trabalhar em sala de aula ? O que fazer? O que dizer ? Como agir ?

Ainda mais se não temos a formação que deveríamos ter. Pois se para nós , professores de Ciências, já é bem complicado, imagina para os professores de outras áreas ! Aqui vai um pouco da minha experiência.


Sou professora de Ciências a mais de 10 anos, pouco para muitos, mas tenho já alguma experiência no assunto. Trabalho em escolas do município, onde a maioria dos alunos conta muito com o Professor para lhe falar da sua sexualidade. Acredito que a gente ( professor) tem um papel muito importante para formar e informar pessoas.

E é assim que quero começar: estamos formando e lidando com gente, coisa que o livro de Ciências às vezes se esquece. Muitas das vezes o livro didático trata do assunto só mecanicamente, só a parte biológica, só da reprodução,… Mas existe uma parte que o adolescente precisa que não está no livro. A parte do papo, do que achamos, de comportamento mesmo.

Para tratarmos desta parte um pouco mais psicológica temos que ter o olho no olho, sermos muito sinceros naquilo que achamos. Como por exemplo nas perguntas que aparecem: “Quando estarei pronto para a Primeira vez ? “- me é perguntado sempre. Falo que tem que se conhecer, conhecer bem o (a)  parceiro (a), bater um papo sobre os métodos anticoncepcionais,… Mas sempre deixo claro que para mim não é normal uma menina ou um menino de 13 ou 14 ou 15 anos estar transando. São meus valores sim externados, mas acho que temos que passar valores nesta fase .

E é isso que o livro didático deixa para a gente fazer, por isso abandone um pouco o livro e entre na cabeça de seu aluno. Saiba o que se passa no seu coração. Isso é a nossa tarefa! Para tanto temos que conhecer a turma, estar com ela a mais de 6 meses, conhecer o seu perfil e ir arrumando a aula de Educação Sexual conforme as dúvidas que aparecem.

Coragem e bom trabalho!

Anúncios