Neurociência do Aprendizado

 

Aprender é um ato natural para o cérebro. Um bebê aprende por imitação. A mãe fala e ele repete, o pai faz ele repete. Uma criança aprende por imitação e se tiver o estimulo necessário.

A recompensa é uma arma que o cérebro usa para se “alimentar” de mais aprendizado. Aprender requer recompensa. O jogo faz isso: toda fez que você sobe de nível, seu cérebro ativa o sistema de recompensa, é bom e ele “quer” fazer melhor.

Se a gente, Professor, entender isso, trabalharemos com mais facilidade.

Veja o vídeo abaixo e entenda como acontece o aprendizado no cérebro:

E veja como isso se dá de maneira natural. Basta usar os ingredientes certos. Um pai fazendo bolo com os filhos ensina muito mais que fazer o bolo. E como o cérebro “gosta desse aprendizado”, os meninos sempre irão desejar mais. Aprender é natural.

Germinação das Sementes

Um dos experimentos que mais fazemos em sala de aula é o clássico  plantar sementes de feijão no algodão.

Muitos Professores, nas formações, me perguntam se ainda está em uso fazer isso. Tenho muitas respostas , mas a resposta comum para essa pergunta é outra pergunta: Por que não estaria mais em uso?

Esse tipo de observação poderá levar a muitos tipos de aulas com diferentes objetivos.

feijao-copo1-1024x764

Observar …

A única coisa que não dá para fazer, neste tipo de experimento, é plantar e deixar a criança levar para casa. Deixe a semente em sala, promova momentos de observação e registre. Ajude os alunos a observarem e registrarem. Faça perguntas e incentive o levantamento de impressões, hipóteses , chutes…

O errado é o certo. Não deixe de registrar tudo.

hqdefault

14846625_L3DGJ

experic3aancia-feijc3a3o-003

 

Perguntas…

Faça as perguntas e arrume a experiência para que obtenha as respostas. Por exemplo: o que é necessário para a semente germinar?

Monte uma experiência controlada e deixe as hipóteses aparecerem.  Deixe, também, as perguntas “rolarem!” Isso sim é Ciências.

Dúvidas…

Muitos alunos, principalmente os menores, não sabem de onde surge a plantinha da semente. Uns acham que a água faz uma mágica ou que a semente se transforma em uma planta.

Uma das coisas que faço é mostrar o embrião dentro do feijão. Com um pouco de paciência e colocando o feijão de molho na água por algumas horas, você abre a semente ao meio e mostra a plântula.

Não precisa dar os nomes todos… Mas mostre.

imagem2

Um vídeo vale muito.

O vídeo que mostra a germinação de maneira rápida, também ajuda muito. Mas nada substitui o experimento.

Metamorfose

A metamorfose acontece em alguns animais e é um processo de transformação do seu corpo e do seu modo de vida. Os animais que sofrem metamorfose são moluscos, anfíbios, algumas espécies de peixes e insetos.

Tipos de Metamorfose:

  • Indireto, com metamorfose gradual ou incompleta: desenvolvimento hemimetábolo (hemi = meio). Exs.: gafanhoto, barata, percevejo. Do ovo eclode uma forma chamada ninfa, que é semelhante ao adulto (ou imago), mas que não tem asas desenvolvidas

exopterygota

  • Indireto, com metamorfose completa: desenvolvimento holometábolo (holo = total). Exs: Borboletas, moscas e pulgas. Do ovo eclode uma larva, também chamada lagarta, bastante distinta do adulto. Essa larva passa por um período que se alimenta ativamente, para depois entrar em estágio denominado pupa, quando ocorre a metamorfose: a larva se transforma no adulto ou imago, que emerge completamente formado. As larvas de algumas espécies de borboleta ou de mariposas produzem um casulo que protege a pupa. Depois de adulto, o inseto holometábolo não sofre mais mudas e, portanto, não cresce mais. A fase da larva pode durar de meses até mais de um ano, e a fase adulta pode durar de uma semana á alguns meses. A duração dessas fases depende da espécie.

metamorfose

Formação de Professores

Estou sumida, porque tenho feito muitas formações para Professores. Isso me dá muito trabalho, mas eu estou muito satisfeita com os resultados.

images

Fui para Pelotas para uma formação de Professores sobre o uso da Educopedia ( plataforma da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro com aulas ). Esta formação já tem dado frutos, os Professores de Pelotas têm usado de diferentes maneiras a Plataforma.

Tenho dado outras formações para Professores da Rede Municipal Carioca e sempre falo que o Município me deu régua e compasso. Com todos os questionamentos que faço na rede, ela tem me dado condições para crescer na carreira.

E é nesse ponto, que quero tecer alguns pensamentos soltos:

1-  Há uma distância enorme entre o que se ensina nas Universidades e o que acontece em sala de aula. Estou aqui, sem medo, generalizando mesmo: em qualquer Universidade e em qualquer sala de aula. Os Professores recém saídos dos bancos universitários têm um arsenal de conhecimentos, estão ávidos por fazer direito, porém não estão preparados para a realidade de uma sala de aula.

A academia deve pensar no Profissional que está entregando. Não adianta somente ler Paulo Freire ( saber citar) sem entender que a sala de aula é um universo diverso, dinâmico, imperfeito e desafiador. Parece que existe na cabeça dessa rapaziada uma turma ideal com um aluno ideal.

2-  Outro ponto é a ideia de que cada componente disciplinar vai formar um especialista. O Professor de Ciências acha que vai formar um Biólogo no final do 9o ano. A gente forma alunos com conhecimentos fundamentais de Ciências, já é bem desafiador. Claro, que nossa intenção é formar alunos apaixonados por Ciências, mas Ciências do Ensino Fundamental.

3-  O terceiro ponto é que estou encantada com a capacidade destes meninos que estão entrando nessa Profissão ! Estão cheios de vontade de fazer diferente, de inovar e colocar a mão na massa. Como sempre, me identifico com os jovens rebeldes, os que não se aquietam e que acham que podem mudar o mundo.

professores

Estudo Dirigido – Proteínas

Uma forma interessante de estudar é ler e fazer exercícios. Ler pequenos tópico e logo depois fazer um exercício sobre o assunto. Depois, voltar a ler.

Essa é a ideia do Estudo Dirigido para o Ensino Médio.

Baixe e estude.

Experimentos Virtuais

Organismo Eucarionte sem Mitocôndria

620_Monocercomonides-Pa203

As células eucariontes possuem mitocôndrias , que é a organela que fornece energia para a célula ( a casa de energia da célula). Era isso que se sabia até então.

Agora, cientistas descobrem um microrganismo, que vive dentro do intestino das Chinchilas, sem essa organela. O habitat onde encontramos esses microrganismos, do gênero  Monocercomonoides,  possui muitos nutrientes mas baixa taxa de oxigênio. Já se sabia que organismos, onde a taxa de oxigênio era baixa, possuíam mitocôndrias reduzidas.

Chinchila
Chinchila

“Em ambientes de baixo oxigênio, eucariotas possuem muitas vezes uma forma reduzida da mitocôndria, mas acredita-se que algumas das funções mitocondriais são tão essencial que essas organelas são indispensáveis para a sua vida”, explica Anna Karnkowska, co-autor do estudo descrevendo a nova descoberta publicada na Current Biology .

Mas a descoberta deste organismo dá uma quinada no que sabíamos até agora.  Os pesquisadores acreditam que os Monocercomonoides simplesmente não tem necessidade de as organelas, e assim perderam-los. Eles pensam vez que os micróbios simplesmente absorver os nutrientes diretamente de seus arredores, e depois dividi-los com enzimas, a fim de obter energia.

A ciência nos mostra a todo momento que nada está acabado.

Se quiser saber um pouco mais, clique aqui: Como surgiu a Primeira Célula Eucarionte?

 

Boas praticas para comentar em blogs

Aula sobre Adaptações dos Seres Vivos

No Formulário de Sugestões de Aulas, recebi várias mensagens com o mesmo tipo de pedido: Sugestão para aula sobre Adaptações de Seres Vivos.

Essa aula dá um pouquinho de trabalho. Primeiro, porque a gente tem que estar firme em certos conceitos ou viramos lamarckistas, ou seja: podemos passar a ideia de que o organismo se adapta ao meio ambiente.

Lembrando: Segundo a seleção natural, o meio ambiente seleciona os seres vivos mais bem adaptados.

Segundo, porque é um conceito bem complicado mesmo, não dá para sair de uma aula sabendo tudo. Não espere isso de seu aluno para não se desesperar.

Habilidades:

Vamos pensar em um aluno do 7o ano. Uma habilidade que podemos trabalhar nessas aulas é:

Associar características adaptativas dos organismos com seu modo de vida ou com seus limites de distribuição em diferentes ambientes, em especial em ambientes brasileiros.

Essa habilidade também pode ser usada no Ensino Médio. Veja que é bem complexa. Mas acho que se o aluno de 7o ano acabar seu curso de Ciências com essa habilidade, muito do trabalho do Professor do Ensino Médio será facilitado.

Mas se a gente quiser trabalhar outra habilidade , além da primeira , no Ensino Médio:

Compreender o papel da evolução na produção de padrões, processos biológicos ou na organização taxonômica dos seres vivos.

Atenção:

Comece com uma conversa e explique claramente que o que estamos fazendo é Ciências. A religião é de cada um e temos que respeitar.

Coloque um tom de respeito, para não dar a impressão que você está desfazendo a religião de um ou de outro. Isso é muito importante.

Outra coisa, acho interessante correlacionar os conceitos de adaptação e seleção natural com o dia-a-dia do aluno. Explique a razão de não podermos tomar antibiótico a torto e a direito quando você falar de Seleção Natural, por exemplo.

Início..

Eu começo com uma aula expositiva mesmo. Faço um histórico de Lamarck e Darwin, pontuo a diferença entre as duas teorias, uso a Girafa como exemplo a toda hora…

Depois, uso alguns jogos. Veja abaixo:

selecao natural

Esse jogo mostra como age a seleção natural.

bico a bico

Um jogo tipo Cara a Cara para mostrar a variedade de bicos e o tipo de alimentação.

Atenção: não pare no jogo. Abra o debate. Converse. Lembre-se de sistematizar.

Faça os alunos lembrarem das adaptações e da Seleção Natural. Use o jogo para tirar dúvidas e promover uma troca entre os alunos.

Slides para ajudar:

Texto e Guia de Estudo

Recurso para Sistematizar

Um resumo sobre Evolução para o Ensino Médio.

Éxito-GoConqr

Finalmente!

Use vários recursos.

Não deixe de avaliar cada passo.

Não ache que você está perdendo tempo nessa aula, ela é muito importante.

Por outro lado, não imagine esgotar tudo em uma aula ou em um ano de escolaridade. Não é possível.

5332307a6c-darwin

 

Transformações Físicas e Químicas

Uma forma de sistematizar o que já foi visto em transformações físicas e químicas. 

Aqui estão links para um Mapa Conceitual e Exercícios On-Line sobre o assunto. Lembro que é para Ensino Fundamental.

qui e fis
Clique na Imagem para Abrir o Mapa Conceitual
logo_home
Clique na Imagem para Abrir os Exercícios

Faça os exercícios e escreva as suas dúvidas aqui. Lembre-se que não faço lista de exercícios para você.

Sugestões de Aula

Início de ano letivo. 

Eu sei bem como é … A gente tem um monte de coisas pra fazer e uma vontade imensa de acertar. Mas atire a primeira pedra se você nunca sentiu vontade de repetir tudo que fez ano passado.

Sei que tem certas coisas que darão certo, no entanto sabemos que devemos inovar. As aulas não podem ser cansativas, com o mesmo de sempre … Tentamos atingir novos objetivos ou resultados diferentes fazendo o mesmo. 

“Bora” fazer diferente? 

Meu desafio é o de vocês. Estamos juntos nesse barco, Professor(a).

Então… Se você é inovador e quer fazer diferente, proponha um tema com objetivos. Para tanto, complete esse formulário e em breve teremos um plano de aula aqui ( com o seu tema ) para compartilharmos.

Coragem! Faça a sua sugestão!

aula1

Um artigo na PORVIR

“A minha aula rompeu as paredes da escola”

Professora de ciências e biologia utilizou plataformas digitais para passar conteúdos para alunos estudarem em casa

aspas

Por Andréa Barreto

Sou professora de ciências e biologia das redes pública e particular da cidade do Rio de Janeiro desde 1993, mas vejo que nossos alunos estão cada vez mais apáticos em sala de aula. O desinteresse é imenso e o aprendizado fica pobre.

Ano passado (2013), percebi que meus alunos não estavam nada interessados em sala de aula, mas quando se falava em fazer alguma atividade na internet, tudo mudava. Pensando nisso, resolvi lançar mão das aulas invertidas.

Diário de Inovações_capacrédito: The Last Word / Fotolia.com

Eu já usava um recurso educativo que era um blog, chamado Dicas de Ciências, onde meus alunos reviam a matéria, baixavam mais exercícios e tiravam dúvidas. Porém, vi que os meninos necessitavam de outros recursos.

Então, criei cursos no Moodle, uma plataforma de aprendizagem a distância que é baseada em software livre. Nessa plataforma, eu fazia aulas que serviam de tarefa de casa. Cada aluno acessava (vale dizer que cada um tinha um perfil como nas redes sociais) e fazia a atividade. Essa tarefa consistia em vídeos, textos e exercícios. O conteúdo não havia sido dado em sala de aula. Era o primeiro contato deles com aquele tópico e eu acompanhava o desempenho de cada um on-line.

 

Diário de InovaçõesArquivo pessoal 

Depois, em sala de aula, o que fazia era tirar as dúvidas. Eu já tinha uma amostra prévia do perfil dos alunos, e, portanto, sabia das dúvidas e dificuldades de cada um. Como um cirurgião, trabalhava na escola essas dificuldades. Em sala de aula, procurava sistematizar e aprofundar cada tópico trabalhado.

É claro que o interesse aumentou e os alunos se sentiram co-responsáveis pelo seu aprendizado. Eles mesmos propunham outras atividades dentro ou fora da sala de aula. A minha aula rompeu as paredes da escola. O desempenho aumentou, as aulas ficaram mais vivas e os meninos passaram a amar ciências e biologia.


Artigo publicado na revista PORVIR

Tipos de Reprodução

Uma forma de estudar e de tirar as dúvidas.

Veja aqui:

Mapa mental para relacionar conceitos de tipos de Reprodução de seres vivos.

Clique na imagem abaixo:

maus-habitos-estudo-2015-noticias

Exercícios on-line para ver o que aprendeu.

Clique na imagem abaixo:

obesidade-maca-educacao-alimentar-20110802-original

Deixe a sua dúvida aqui mesmo. Bons estudos!

Para alunos do Ensino Fundamental, Médio, Professores e para as pessoas interessadas em Ciências

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 4.015 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: